Vila de Conceição do Ibitipoca

Ibitipoca, sua linda…
Ruas de pedrinhas, casinhas coloridas e o carinho dos mineiros é o cenário que espera os visitantes que procuram os bares, cafés, bistrôs e restaurantes no charmoso vilarejo de Conceição do Ibitipoca. Nos finais de semana e feriados uma música ao vivo acompanha as delícias da gastronomia ímpar desse cantinho de Minas. Na Vila todos se encontram, jogam prosa fora ao lado da lareira, papeiam na Praça da Matriz e se confraternizam após um dia de trilha. Ibitipoca é tão gostoso que nem o friozinho abandona a gente, deve ser a tal da hospitalidade mineira que eles falam, né? Será que essa Ibitipoca é longe?

Ibiti, mais próxima do que você imagina
A Vila de Conceição do Ibitipoca é distrito do município de Lima Duarte, do qual dista 27 Km. Localizada na Zona da Mata do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do Brasil. Fica 3 Km antes da portaria do Parque Estadual do Ibitipoca. São 90Km até Juiz de Fora, 260Km até ao Rio de Janeiro e 360Km distante da capital do estado, Belo Horizonte. Mas o que significa o nome Ibitipoca?

A Casa da Terra que Treme
Nas melhores prosas da Vila alguns apostam no significado “casa de pedra”, em referência as grutas que serviam de moradia aos índios. A versão da “pedra que estala” – devido os trovões na época das chuvas – também é contada pelos mais antigos moradores. O Thunna Burnama, professor de línguas, mandou um e-mail para o ibitipoca.tur.br e desvendou o mistério Tupi. Ibitipoca significa: Yby=terra;, tipe=tremer e oka=casa, aldeia. Logo o significado é “Casa da Terra que treme”. Agora que você sabe o significado do nome falta desvendar a história…

Aqui tem história
Os primeiros relatos sobre a região datam de 1692, o “Monte do Ebitipoca” é citado no roteiro de viagem do Padre João Faria Fialho (bandeira que saiu de Taubaté). No século seguinte começa a construção da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição – imponente até hoje no centro da Vila – quando a região atingiu mais de cinco mil moradores na procura pelo ouro das montanhas de Minas. Após a descoberta do mineral com mais abundância em outros cantos do estado o êxodo foi geral. Durante um período a região de Ibitipoca foi visitada apenas por viajantes e pesquisadores como o francês August de Saint-Hilaire, em 1822 o botânico passou pela Vila e herborizou na região que hoje corresponde ao Parque. E quando chegaram os turistas?

Turismo, o novo ouro
Foi na década de setenta que Ibitipoca foi novamente redescoberta, agora os Bandeirantes são os turistas e o ouro são as riquezas naturais. Universitários e pesquisadores que buscavam informações da rica biodiversidade do local voltavam para as cidades com a sensação de ter encontrado a senha do paraíso, o segredo era passado a todos e o vilarejo encrustado nos contrafortes da Serra da Mantiqueira vira um dos locais turísticos mais visitados das montanhas de Minas Gerais.

Telefones importantes

    • Parque Estadual do Ibitipoca: (32) 3281 1101
    • Posto de saúde de Conceição do Ibitipoca: (32) 3281 8109
    • Santa casa de Lima Duarte: (32) 3281 1222
    • Pelotão PM de Lima Duarte: (32) 3281 1247
    • 4ª Cia PM Ind MAT: (32) 3228 9050
    • Polícia Rodoviária Federal: 191
    • Igreja Matriz de Conceição do Ibitipoca: (32) 98404 3073
    • Associação de Moradores e Amigos de Conceição do Ibitipoca (AMAI): (32) 3281 8105